gestão da qualidade nas empresas gestão da qualidade nas empresas

7 práticas de gestão da qualidade nas empresas que você deve saber

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

A gestão da qualidade nas empresas é uma atividade de extrema importância, pois promove a melhoria da performance da companhia por meio do aumento da sua produtividade e, desse modo, garante que ela tenha diferenciais competitivos para se destacar diante da concorrência.

Além disso, um sistema de gestão de qualidade (SGQ) também auxilia na redução de gastos, já que otimiza os processos de produção e prestação de serviços e, assim, torna a empresa ainda mais lucrativa sem reduzir o nível de suas entregas.

Diante disso, em um cenário no qual a diferenciação diante da concorrência é de extrema importância para o sucesso de um negócio, conhecer as melhores práticas de gestão de qualidade nas empresas é fundamental. Então, continue a leitura e confira algumas das principais delas!

1. Mapeie os processos

Uma das principais práticas da gestão de qualidade nas empresas é o mapeamento de processos e recursos. O levantamento de como são feitas e o que é necessário para a realização das atividades de uma empresa é fundamental para que não sejam desperdiçados recursos e esforços.

Além disso, o conhecimento dos métodos necessários para a execução de cada um dos processos de uma empresa garante que sejam identificadas, com mais facilidade, as possíveis não-conformidades e suas causas, possibilitando, assim, as correções necessárias para a manutenção da qualidade.

2. Utilize o Diagrama de Ishikawa

O Diagrama de Ishikawa, também chamado de diagrama de espinha de peixe, é utilizado para a identificação da causa raiz dos problemas detectados em uma companhia. A ferramenta de gestão de qualidade nas empresas parte da premissa de que todo problema tem uma causa, que uma vez conhecida, poderá ser eliminada.

A linha central representa um problema e, ao longo dela, se inciam novas linhas perpendicularmente, que representam as possíveis causas. O formato do desenho do diagrama acaba se assemelhando com o de um esqueleto de um peixe, daí o nome: diagrama de espinha de peixe.

3. Questione os 5W2H

A sigla 5W2H faz referência às diretrizes que devem ser estabelecidas para a realização de um processo, para que não haja nenhuma dúvida sobre ele. Tratam-se das inciais de 7 perguntas em inglês que precisam ser feitas para auxiliar na definição das atividades envolvidas em um projeto.

Veja que perguntas são essas:

  • What: o que deverá ser feito?
  • Why: por que deverá ser feito?
  • Where: onde será feito?
  • When: quando deverá ser feito?
  • Who: por quem será feito?
  • How: como deverá ser feito?
  • How much: quanto custará?

As respostas dessas perguntas garantirão o mapeamento de todas as atividades necessárias para a realização de um projeto, tornando seus processos claros, precisos e objetivos. Desse modo, essa eficiente ferramenta de gestão da qualidade nas empresas transforma as dúvidas sobre a realização de tarefas em produtividade.

4. Abuse da tecnologia

A tecnologia trouxe diversas melhorias para a estruturação dos processos de uma empresa, principalmente, no que diz respeito ao registro de dados históricos que, se bem processados e analisados, permitem a melhoria dos procedimentos adotados para a realização de tarefas, assim como a otimização do modo como os recursos da empresa são utilizados.

Sem a tecnologia, até seria possível acumular dados, porém, o seu processamento se tornaria muito mais difícil, fazendo com que as decisões sejam tomadas a moda antiga, ou seja, com base em achismos.

Além disso, ela também permite a automação de tarefas, liberando a mão de obra de seus colaboradores para a execução de atividades mais importantes e criativas.

5. Faça o acompanhamento de resultados

Uma boa gestão de qualidade nas empresas deve ser baseada no acompanhamento dos resultados, que permitem avaliar quais processos precisam ser modificados para melhorar o desempenho da empresa e a produtividade das equipes.

Para isso, é fundamental que sejam estabelecidas metas e indicadores de desempenho que deverão ser monitorados do início ao fim da execução das atividades da empresa.

6. Tome decisões baseadas em dados

Como abordado no tópico sobre o uso de tecnologia, a tomada de decisões baseadas em dados históricos é fundamental para a melhoria de processos e aumento do desempenho de uma empresa.

Ao contrário do “achismo”, os dados permitem a identificação de problemas e pontos que podem ser melhorados na gestão de qualidade nas empresas, garantindo assim, mais acertos na tomada de decisões estratégicas.

7. Utilize a abordagem por processos

As empresas que adotam processos bem definidos para a realização de suas atividades entendem que cada departamento tem sua finalidade, porém, são interdependentes entre si, deixando claro que todos estão em busca de um mesmo objetivo, cada qual fazendo a sua parte, ou seja, cada um com seus processos.

A abordagem por processos previne desperdícios como o retrabalho, trazendo mais agilidade e motivação para as equipes. Já que é muito mais fácil executar uma tarefa quando se conhece todas as etapas pelas quais se deve passar.

Vale destacar que é preciso evitar, a todo custo, alguns erros de gestão da qualidade nas empresas, como a ausência e a falta de conhecimento dos gestores sobre cada uma das etapas e processos envolvidos nas atividades da companhia.

Outro erro comum que não deve ser cometido é a utilização de procedimentos já adotados sem a obtenção de resultados, o que normalmente ocorre em consequência de outro erro: a falta do registro adequado de todos os processos, problemas e não conformidades já resolvidas.

Como você pôde ver ao longo deste post, a gestão da qualidade nas empresas é uma atividade de extrema importância, capaz de aumentar a produtividade, reduzir os gastos, melhorar a percepção do cliente sobre a empresa e, consequentemente, aumentar os resultados e a competitividade.

Por isso, é preciso ter muita atenção à gestão da qualidade nas empresas, para garantir que seus recursos estão, de fato, sendo utilizados de maneira adequada, tornando possível a sua otimização e melhor aproveitamento dos seus esforços para a melhoria da qualidade e o aumento da performance corporativa.

E agora que você já sabe como realizar a gestão da qualidade nas empresas, que tal entender também como reduzir o gasto de energia na sua empresa? Você verá 6 soluções para esse problema.

Posts relacionados

Deixe uma resposta