Veja 6 dicas de como aumentar a produtividade nas empresas

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Alcançar uma posição competitiva no mercado exige diversos esforços por parte de gestores e demais membros das equipes de uma empresa. Apenas o investimento em tecnologia para otimização de processos não garante maior competitividade e lucratividade, é necessário aliar a outras iniciativas para que se tenha como aumentar a produtividade dos colaboradores.

Uma equipe engajada é capaz de superar desafios e executar tarefas que, provavelmente, não seriam realizas da mesma maneira se não houvesse motivação nas pessoas responsáveis por elas. Os obstáculos, em vez de transpostos, se tornariam motivos para, simplesmente, não fazer o que é necessário para o crescimento da empresa.

Por isso, se você deseja melhorar o engajamento da sua equipe e motivá-la a buscar modos para aumentar a produtividade é essencial para que adote algumas medidas que serão capazes de tornar aos colaboradores de uma empresa muito mais produtivos. Neste post, você conhecerá algumas delas. Boa leitura!

1. Automatizar tarefas rotineiras

Tarefas repetitivas, que não precisam de esforço intelectual e são realizadas de modo mecânico, além de serem altamente entediantes para quem deseja ter funções mais estratégicas, como são facilmente automatizadas.

Tirando seus colaboradores desse tipo de tarefa, a empresa será beneficiada com todo o real potencial daquela profissional, que até então, estava sendo subaproveitado. Além disso, dando a eles novas funções, nas quais possam usar suas habilidades analíticas e criativas, certamente trarão mais resultados para empresa.

2. Treinar e capacitar os colaboradores

Os avanços tecnológicos trazem mudanças constantes no modo como as empresas operam atualmente, por isso, atualizar-se e acompanhar o mercado é essencial para a manutenção da competitividade.

Nesse contexto, o treinamento e a capacitação frequente dos colaboradores de uma empresa fazem com eles encontrem novas formas de realizarem suas tarefas, que os tornam muito mais produtivos.

Outro cenário comum dentro das empresas é o de profissionais exercendo funções para as quais não são devidamente capacitados e acabam por se tornar menos produtivos. Treinar esse colaborador para a função que desempenha, ou então, para alguma outra para qual ele venha a ter mais aptidão é um modo de fazer com que tenha sua capacidade mais bem aproveitada.

3. Utilizar as ferramentas adequadas

A automatização de tarefas demanda o uso de ferramentas capazes de substituir o trabalho mecânico humano. Porém, cada empresa tem seus processos diferenciados que variam de um segmento para outro, por isso, uma mesma ferramenta pode não atender diferentes organizações, ou até mesmo, departamentos.

Normalmente, os ERPs (Enterprise Resource Planning) abrangem a maioria dos processos de uma empresa e permitem a integração com outros softwares, como os de automação de marketing, os CRM (Costumer Relationship Manager) e os softwares de gerenciamento de impressão.

Por isso, é importante pesquisar quais ferramentas são as mais adequadas para o seu segmento de negócio e, além disso, oferecem integração com as demais que você precise utilizar.

4. Cuidar da qualidade de vida dos colaboradores

Ninguém produz bem se tem um baixa qualidade de vida. Ao contrário, pessoas expostas a essa condição estão, até mesmo, mais propensas a ficarem doentes, o que provoca o absenteísmo e licenças médicas prolongadas.

Por isso, é importante investir no bem-estar dos seus talentos dentro e fora da empresa, o que inclui cuidar para que a carga horária não seja excessiva, o ambiente de trabalho seja saudável e oferecer recursos para o lazer e saúde dele, como o vale-cultura e o plano de saúde.

Outras ações internas que demonstrem a preocupação da empresa com seus colaboradores também são bem-vindas, dentre algumas ideias que têm se tornado comuns estão disponibilizar lanches durante o expediente, tem um local reservado para o profissional relaxar dentro da empresa com jogos, cadeiras de massagem etc.

Claro que todas essas ações geram gastos, porém, é preciso ter em mente que eles serão compensados tanto em produtividade quanto na imagem da empresa que, sendo positiva para seus profissionais, consequentemente, será positiva externamente também.

Quem não prefere fazer negócio com empresas que cuidam de seus funcionários e é sempre bem atendido por profissionais felizes e motivados?

5. Determinar metas e objetivos estratégicos

É comum acontecer de bons profissionais se tornarem improdutivos por não saberem exatamente qual o seu papel na empresa, o que esperam dele. Por isso, a definição de metas é fundamental para dar um rumo a eles.

Por mais que seus talentos tenham capacidade de autogestão, eles precisam saber quais são as expectativas da empresa em relação ao trabalho dele para que seja capaz de entregar o que foi estabelecido. E lembre-se de que se ele estiver realmente motivado, tentará até mesmo, entregar mais do que se espera.

A melhor maneira de deixar isso bem claro é estabelecer metas periódicas que atendam a objetivos estratégicos da empresa. O próprio colaborador se sentirá mais valorizado ao ver que seu trabalho é importante para o desenvolvimento da empresa.

6. Reduzir as reuniões e burocracias

Nada pode ser mais contraprodutivo do que reuniões sem fim e processos burocráticos desnecessários. Por isso, adotar estratégias para reduzir esses dois inimigos do bom desempenho da sua equipe é fundamental.

Para reduzir a burocracia é importante que seus talentos tenham autonomia para a tomada de decisões que afetem a sua rotina de trabalho, por exemplo. Muitas vezes, tarefas deixam de ser realizadas porque faltou a autorização de um gestor que estava ausente no momento em que ela deveria ser feita.

Quanto as reuniões, é claro, que em alguns momentos elas são necessárias, principalmente nas áreas mais estratégicas da empresa. Por isso, é importante que elas tenham uma pauta bem definida e um tempo de duração pré estabelecido, que deve ser respeitado. Adotar métodos como o stand up meeting é uma excelente opção.

Não há dúvidas de que colaboradores de alta performance e produtividade trazem diversos benefícios para a empresa e para eles próprios, que se sentem mais úteis e competentes. Portanto, implementar as dicas que você acabou de ler é fundamental para aumentar competitividade da sua empresa e, ainda, melhorar a vida dos seus colaboradores.

Gostou das nossas dicas? Então, se deseja ter acesso a mais conteúdos como este, siga-nos no Facebook e receba tudo em primeira mão!

Posts relacionados

Deixe uma resposta