custos ambientais na contabilidade custos ambientais na contabilidade

Custos ambientais na contabilidade: quais são os principais?

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Cada vez mais o governo e as empresas se conscientizam sobre a limitação dos recursos naturais e as consequências do desenvolvimento econômico despreocupado com o meio ambiente. Por razões como essas, é fundamental analisar os custos ambientais na contabilidade, para registrar e controlar os dados correspondentes às ações da empresa que afetam a natureza.

A contabilidade ambiental surge como uma força extra para ajudar na conscientização sobre ações sustentáveis e na criação de medidas mais viáveis para o desenvolvimento econômico, sem comprometer o meio ambiente. Isso ocorre por meio de relatórios que apontam financeiramente as vantagens, desvantagens e consequências da exploração.

Percebeu como analisar os custos ambientais na contabilidade é importante? Continue a leitura e descubra mais sobre o assunto!

Custos ambientais da contabilidade

A partir da contabilidade é possível orientar e alocar de forma racional para onde os recursos devem ir, considerando os impactos ambientais. Por exemplo:

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Em relação aos poluentes

Algumas empresas podem emitir mais poluentes que outras, como as empresas de logística, que trabalham com frotas de caminhões, carros ou motos.

Essas frotas emitem diversos poluentes no meio ambiente e contaminam o ar com o monóxido de carbono e a fuligem. Felizmente, há como diminuir essas emissões e ainda contar como benefícios na redução dos impostos para essas empresas.

A contabilidade ambiental permite que você não só proteja o meio ambiente e fuja de penalizações ambientais, mas também economize ao ser politicamente correto.

Em relação aos desperdícios

Em todos os setores, todo tipo de desperdícios gera gastos desnecessários para um negócio que poderiam ser investidos em mais produtividade ou em capacitação dos funcionários, por exemplo. Ao analisar os custos ambientais causados pelos desperdícios você consegue alocar racionalmente os recursos.

Além do mais, que tal trocar os equipamentos da sua empresa por algo mais econômico? Ponto para a natureza, que será menos explorada, e ponto para as finanças do seu negócio.

Em relação a geração de lixo

E se além da sua empresa reduzir os desperdícios ela usasse os resíduos sólidos gerados para obter lucro? A geração de lixo e seu incorreto descarte pode liberar um líquido que além de atingir as águas subterrâneas, contamina o solo e as pessoas que tiverem contato com os detritos.

Por isso, por meio da contabilidade ambiental, é possível analisar as melhorar formas de reaproveitar esses resíduos pela própria empresa geradora ou por uma outra que pagará a você por elas.

Em relação aos recursos em abundância

É muito comum que as empresas ao produzirem utilize recursos da natureza. Isso pode gerar uma degradação social e ambiental, como a perda da biodiversidade que deve estar na conta dos custos globais do seu negócio.

Então, uma forma de contrabalancear esses impactos é por meio da compensação ambiental, como a conservação de áreas nativas por meio da destinação de recursos para manutenção desses espaços. Se a sua corporação possui uma receita acima do esperado, outra opção é investir na ‘’tecnologia limpa’’, que agride menos a natureza

Analisar os custos ambientais na contabilidade oferece informações e mensura o que pode ser feito com elas de uma forma que impacte menos a natureza e que sua empresa ainda possa ter benefícios com isso.

Então, gostou do nosso post? Que tal aproveitar a visita ao blog para ler também sobre contabilidade ambiental e se aprofundar no assunto?

Posts relacionados

Deixe uma resposta