impressora jato de tinta impressora jato de tinta

Não perca 7 cuidados importantes com a impressora jato de tinta

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

A impressora jato de tinta conta com um sistema que possui um cabeçote de impressão, onde existem vários furos que aplicam gotículas de tinta nos papéis. O programa que une impressora e computador é que vai determina a quantidade de gotas, o desenho, a mistura de cores e onde elas vão ser lançadas.

O processo é bem simples, mas muito funcional. São impressoras que continuam sendo maioria nos escritórios e nas casas, afinal, dispõem de bons preços e de alta qualidade. Quando comparada com a impressora a laser, muitas vezes é a preferida pois permite cores mais vivas. Um tipo de impressora que tem manutenção prática, contando com um grande número de tipos de papéis.

Mas para que a impressora jato de tinta funcione perfeitamente, é imprescindível que se tenha alguns cuidados. Quer saber quais são eles? Continue acompanhando e confira as 7 melhores formas de cuidado com essa impressora! Boa leitura!

1. Faça a limpeza no sistema

Todas as impressoras possuem uma função denominada “limpeza”. Essa é uma função que não pode ser ignorada jamais. Antes de fazer qualquer limpeza física, é importante ativar a opção da máquina e pedir para que a impressora realize o processo de limpeza.

Ela vai fazer todos os processos internos a fim de assegurar que a saída de tinta seja feita de forma adequada, de acordo com o que foi programado.

2. Não ligue e desligue várias vezes

Não se pode, de forma alguma, ligar e desligar o equipamento várias vezes ao dia. Essa prática pode acabar danificando os cartuchos, pois eles são alinhados a todo o momento no trilho do aparelho. O mais certo é deixar a impressora ligada até que você tenha certeza de que não usá-la mais. O cartucho quando é cuidado adequadamente vai imprimir muito mais e gastar menos dinheiro e tinta.

Além disso, lembre-se de não desligar a máquina diretamente da tomada. Há pessoas que ligam e desligam o equipamento no estabilizador. Faça o que é mais óbvio, utilize o botão de ligar e desligar em vez de tirar e inserir a tomada no estabilizador, certo? Isso, sem dúvidas, vai evitar danos na impressora.

3. Abra para limpar por dentro

A limpeza interna da impressora não é indicada por nenhuma fabricante, seja impressora a jato de tinta ou a laser. Inúmeros componentes podem ser danificados permanentemente quando são manipulados e, por esse motivo, o mais recomendado é enviar a máquina para um técnico especializado. O ideal é fazer a limpeza especializada pelo menos uma vez ao ano.

O cartucho de tinta é a única peça que pode ser retirada para a limpeza. Lembrando que quase todos os modelos e marcas apresentam soluções de limpeza de cartucho via software, normalmente presente nas preferências de impressão. Há, ainda, alguns métodos caseiros para fazer o desentupimento físico, no entanto, o ideal é que especialistas façam o procedimento.

Por fora da máquina, é preciso usar pano macio umedecido com água para que as sujeiras sejam retiradas. De forma alguma use produtos de limpeza, como cloro ou desinfetantes, por exemplo, afinal, eles podem prejudicar o acabamento da máquina.

4. Não use cartuchos não originais

Há diversas formas de reabastecer o equipamento, mas será que é vantajoso correr o risco de usar suprimentos que não são originais? Ouvir a palavra economia é realmente muito bom, mas é preciso visualizar todas as consequências antes de tomar uma decisão para não ter dor de cabeça no futuro. E, sim, os cartuchos que não são originais podem causar muitos problemas para você.

Eles podem danificar a máquina, pois o encaixe e o tipo de tinta que não são originais acabam não correspondendo com os padrões e medidas suportados pelo equipamento. Vários problemas podem ser causados pelo uso de cartuchos não originais, confira alguns deles:

  • vazamento de tinta na impressora, o que pode causar a perda da máquina;
  • alteração no desempenho do equipamento, incluindo comandos travados e muita lentidão;
  • manchas no papel impresso, indisciplina no comando das cores e quantidade de gotas;
  • quebra de contrato de garantia;
  • qualidade da impressão prejudicada e falhas na velocidade.

5. Limpe a parte externa

A parte ais fácil é a limpeza da parte externa. Como qualquer outra máquina, limpar a parte de fora é apenas tirar a poeira, o que deve ser feito de forma recorrente. Para isso, basta ter um pano seco em mãos, e o ideal é que ele não solte fios.

Feche a impressora, pegue o pano e umedeça-o com água e detergente, em seguida passe o pano retirando o pó. Após isso, abra as partes maiores do equipamento e repita o processo.

No entanto, pode ocorrer de haver uma crosta, por exemplo, caso faça muito tempo que a impressora não receba uma limpeza. Em casos assim, é possível usar um pano mais umedecido. Mas lembre-se de que essa parte mais úmida só pode ser aplicada no local onde a sujeira está mais concentrada.

6. Faça a limpeza dos cartuchos

Cada maquina apresenta um sistema de encaixe distinto para os cartuchos. Mas ainda assim existe um padrão e eles normalmente são conectados lado a lado, contando com a área inferior, local onde sai a tinta. Além disso, conta com conectores que se comunicam com o equipamento.

É importante ter bastante cuidado, pois esses conectores são extremamente sensíveis e são eles que vão garantir que a comunicação entre impressora e cartucho ocorra. Sendo assim, jamais troque esses conectores. Caso isso aconteça por alguma razão, é preciso limpar a área tocada com borracha escolar.

Para fazer a limpeza dos cartuchos, há duas situações: caso haja bastante tinta, uma dica é usar cotonete para retirá-la. Caso contrário, pode-se retirar a tinta com um pano umedecido levemente com água. O cartucho é posicionado no pano, retirando a tinta que está obstruindo ou sujando a saída.

7. Tome cuidado ao transportar a impressora

É preciso ter muito cuidado ao transportar a impressora do tipo jato de tinta. Jamais se pode virá-la de cabeça para baixa ou então chacoalhá-la, pois a tinta pode acabar escorrendo internamente.

Por fim, é importante mencionar que há algumas formas de economizar com a impressora jato de tinta, como vender a carcaça após usar o cartucho e repor com cartuchos compatíveis, uma vez que a economia pode chegar a 70% quanto aos originais. Não deixe de colocar em prática esses cuidados que apresentamos aqui para que você tenha impressora por um longo tempo com economia e qualidade!

Gostou deste texto? Quer continuar aprendendo com os nossos textos? Então aproveite para ler também o texto “Conheça os 4 principais problemas com impressoras e como corrigir!” agora mesmo!

Posts relacionados

Deixe uma resposta